quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Não adianta ficar procurando, tem coisas que somente um amigo faz.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Moça comprometida que se faz de santinha, quando solteira pintava o sete, reparem.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Interessante a moça dada chamar de frigida a que não é dada, muito interessante.

domingo, 27 de julho de 2014

Rá! nada como uma xeretada para equilibrar as verdades, divertido.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira, já cantava Legião Urbana







É interessante contrapor a vida feicebuqueana e a vida como ela realmente é de uns e outros.
Vender perfeição é fácil. É fácil cada vez que tiver o peito apertado e escrever no feice que a sua vida está ótima, cada vez que tiver vontade de chorar e postar uma foto no sol. Mas quem quer convencer? Vocês mesmos? Impossível. A verdade continua com vocês. É fácil ser apenas feliz, mas esses uns e outros querem ser mais felizes que os demais.
Um dos erros mais comuns nessa busca é ignorar que, por trás de cada imagem de perfeição, existe a vida real.
E fica ainda mais interessante, quando esses uns e outros tentam mostrar ao mundo virtual a melhor imagem de si mesmos, escolhendo as melhores palavras e aparências que vão usar e obtém satisfação quando vêm que seu produto teve sucesso. O produto, no caso, são “as verdade feicebuquenas” desses uns e outros. Mas essas “verdades” podem levar para longe do que realmente são, e para longe da felicidade das relações honestas, afinal de contas, a verdade está estampada na vida real e no cotidiano e todos os próximos sabem da vida real desses uns e outros.
Engraçados que esses mesmos, parecem que esquecem a vida real, esquecem seu comportamento habitual e postam nhénhénhé de auto ajuda, deus, jesus e o cacete todo para parecerem boas pessoas, esquecem o dia que detonou um “amigo” para outro e depois postam fotos dos três juntos, esquecem o dia em que fez cagada na balada, falou merdas e fudeu com a noite dos outros e depois na maior cara de pau, culpou os drinques, esquecem o dia que tirou o cu da reta de uma asneira qualquer para colocar no cu alheio, isso, esses uns e outros não postam no feicebuque, afinal, são pessoas legais, os seus amigos lhes adoram e as mulheres/homens lhes  querem.
Vade retro capeta da hipocrisia.
Essa busca de um plano ideal é muito antiga, Platão criou uma divisão entre a vida como ela é e o mundo perfeito. Resumindo: um plano real e outro ideal, duas coisas separadas. O problema é a impossibilidade do ideal no mundo concreto
Essa exposição são apenas ensaios do que você é na realidade, é uma forma ridícula de busca de aceitação para tentar encobrir as merdas que vocês são na vida real.


Vida pra mim é o que acontece nos intervalos entre uma postada e outra, em tentativas desesperadas de contar pros outros como é que vivemos. Vida pra mim é estar livre de ver o quanto vocês parecem legais on-line, é gargalhar satisfeito e não precisar mostrar isso pra ninguém.