segunda-feira, 30 de novembro de 2009

A Fotossíntese do homem humano


Atenção.:
essa conversa rolou mesmo é um fato verídico, com pessoas reais e de idéias estranhas..

mamando o Sol pelas folhas das árvores ela me disse:
pequena marsupial : _ as arvores são faceis de achar...ficam plantadas no chão!

este que vos escreve apenas pensou: _ ela tem razão, se fosse a cerveja teria que sair comprar, pois o china ta fechado. é a folha das árvores! hã hã...

chacoalha pra ver se não sobe!!!
Le Terríble

sexta-feira, 27 de novembro de 2009



É notório para os meus amigos que tenho verdadeira ojeriza por boate, realmente não consigo gostar de música ruim, ambiente lotado, e filas gigantes para entrar, ir ao banheiro, comprar long-necks por 10 conto! E pra pagar..afff. Mas enfim, sempre tem um degranhento do qual gosto muito que decide torturar os amigos e decide comemorar aniversário ou algo que o valha em boate, geralmente vou....afinal amigo é pra essas coisas!!!!
Com certeza alguns devem estar pensando: “porra !! vai ler um livro então no sabadão a noite na cadeira de balanço e não enche!!!” Caaallllmaaaaa, não é assim, eu saio de casa, inclusive não fico sem minha cervejola, mas a sabedoria, me trouxe um presente: o BOTECO. Sim, com letra maiúscula. Porque esse, meus amigos, é o maior templo do bem-estar e do relaxamento que existe.
Olha só, pensando no goró, no meu caso a cerveja que é o que eu bebo, mas é claro que se estendem as outras é o preço, peça uma cervejinha na boate e uma no BOTECO enquanto tomo minha ampola de 600 ml por 5 crucru a turma da boate paga 10 pela long-neck e como brinde vem quente após irritação de espera, não faz sentido!!!
Falando em filas e irritação, cadê o conforto da boate???? Nada como aquelas mesinhas de plástico da brhama que só vemos no BOTECO, se tiver apoio de braço na cadeira então...me digam não é muito mais negócio do que ficar apoiando a bebida no balcão molhado da boate em pé com 200 pessoas em volta esfregando o suvaco em você pra chamar atenção do garçom
Também tem as comidinhas nhamnham!!! O que é a comida do BOTECO hein???? Picanha, maminha, coração, mandioca frita, batata frita, mussarela, medalhão, lombinho, lingüiça....E tudo gordo ainda...Ahhhhhh e sem falar do AMENDOIM que só tem em BOTECO. Aí independe do BOTECO, se for aquele lazarento terá pelo menos aquele o ovo com provolone que convenhamos é uma diliça, se for um BOTECO mais requintado haverá outras delicias, não importa o grau de sofisticação, sempre come-se muito bem.
Outra coisa que não tem erro no BOTECO é a musiquinha, não importa o tipo de som que pessoa curta é só ir ao lugar que toque a musica de gosto e pronto! Diversão garantida, animação e cantoria..ÔÔÔÔ BELEZA...como BOTECO é bom não!?
E pra finalizar no BOTECO você pode falar alto, conversar o quanto quiser, ficar bêbado, tocar violão, fumar, levantar, dançar , entrar e sair com facilidade, sentar de novo, beijar, e pasmem tudo isso de BERMUDA E CHINELO.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O Toque!


Não basta ver!!!!
Temos a necessidade de tocar, cheirar, apertar...
O maior órgão é a epiderme e é uma delícia utiliza-lo!!!
Ver o mundo nas pontas dos dedos...
Sentir a música, acariciando o vinil...
Sentir o híbisco, passando-o de leve no rosto...
Se refastelar na agua!!!
Banho gelado e chá quente!
Pés na grama, e a energia se renovando...
Pés na pedra, e a massagem da pedra pra vc...
Deitar na grama e sentir que o tempo pára!
Até o vento tem nome de brisa em dias de calor...e como vem gostoso!


Parlapatéia

terça-feira, 24 de novembro de 2009

E depois ?


E depois,então que conquistar o último desafio...quando aprender a voar,quando achar que já tem tudo..O que vai querer? O que vai querer depois?.


viva o presente, o agora, o atual... o passado já foi, o futuro é incerto.

O Terrível

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

SÓ POR PRAZER!



Queremos o prazer do beijo...de bocas que se desejam...
Corpos colados em dias de noite fresca,
Paixão na alma agitada...
Abraços intermináveis de amigos indispensáveis!
Temos o poder do toque, então aliso tudo que encosto..só por prazer...
E o prazer vem de todos os lugares, e em dias intermináveis, vem até dos lençois macios que envolvem...
E tudo posto a mesa, sempre num banquete, de frutas, delicias e gostosuras...
Um brinde aos dias vividos e aos que ainda virão, como farofa, no vai e vem do tempo,
Aahhh...corpo que queima, desejo que incendeia quarteirões...
E nos faz capaz de umidecer vulcões em erupção!
Essa vida, que nos chama pra dança, deixa nossos pés soltos, braços abertos, e sorriso frouxo...
O espetáculo pertence aos palhaços que sempre sorri...
Porque nascemos com sorrisos tatuados, mas não somos estatuas, logo, não permanecemos parados por muito tempo...
E mexe...e remexe...e rodaaa...na ciranda...pra pisar no fogo!
E rodamos, rodamos, como se o carrossel nunca parasse...
E piscamos de lado, pra não causar alardo.
Somos peitos adiante sempre na procura do proximo instante, que vem cravejado de diamantes, e estes não são simples pedra de alto valor, mas amantes em noite de desejo, juntos ao frescor sempre presente!

Parlapatéia!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Ficar com uma pessoa por medo da solidão é uma das atitudes mais egoístas do mundo. Não é uma prova de amor, mas quase uma demonstração de sadismo e ódio pelo outro!!!!!!!!!!

grupos

Não conheço meios termos nem meias palavras, por causa disso não gosto de fazer parte de grupos, é uma total incompatibilidade, mesmo os que eu inegavelmente faça parte. Me sinto melhor questionando que aderindo. Muitos dizem que politicamente sou de esquerda, ta bom, então sou de esquerda, então vejo e leio um monte de idiotices dessa turma, penso cá comigo, direita é melhor, leio outros absurdos, logo chego a minha conclusão, que é nenhuma, meu negócio é questionar mesmo.
Em relação ao sexo os poucos que realmente me conhecem sabem que sou a favor da putaria generalizada, mas tenho ojeriza de quem usa o sexo como pretexto de auto afirmação dizendo pra quem quiser ouvir que é isso e aquilo mas na hora do pega pra capa tem atitudes e pensamentos dos mais castos. Me apresentem um grupo e eu lhes mostrarei os patetas, portanto sou o pateta que se recusa a fazer parte de um grupo.
Talvez eu realmente seja um paradoxo ambulante, as vezes quase sempre sou tímido tímido tímido, mas ao mesmo tempo nasci pra falar em público.
Levo a vida a ferro e fogo, dizem que tenho cara de bravo e sou!! Mas também sou bem humorado. As vezes pavio curto, na verdade acho que não, acho que nem tenho pavio, mas ainda assim se precisam de uma pessoa ponderada onde a calma é necessária, aqui estou eu.
Não duvido de absolutamente nada mas também não acredito em tudo, cético e religioso. Me encanto como um menino a cada nova descoberta e também me comporto como um idoso que já viu de tudo, tenho muitos medos, mas mesmo assim acredito que posso dominar o mundo.Adoro ficar quieto no meu canto lendo meus livros, mas não vivo sem minha bike e adrenalina.
Não estar encaixado em um grupo me permite observar e aprender com todos, e isso com o único compromisso de ser eu mesmo.

EU NÃO SOU ASSIM...HAHAHAHA

Somos todos mentirosos inveterados, as mentiras saem quase que automaticamente, mentimos numa reunião de empresa, mentimos quando respondemos que está tudo bem e não está, dizem que o ser humano mente 3 vezes a cada 10 minutos, e é claro que na relação a dois existe muita mentira. Pronto, parece que já estou ouvindo alguém dizer “ EU NÃO SOU ASSIM”, enfim a negação também é uma manifestação da mentira.
Senão vejamos, para transar os homens utilizam a velha tática do golpe do namoro, o cara todo romântico dá sinais de quer algo sério com a galega apenas para dar uma fornicada, já as moçoilas sabem muito bem mas também mentem, fingindo que acreditam no blá blá blá pois estão loucas para dar umazinha mas não podem pegar "fama”, ainda bem que existem as mais corajosas que dizem que não acreditam em nada daquilo que o frangote está dizendo e dão porque querem dar, mas infelizmente a maioria precisa do teatrinho para evitar a “faminha” e ficar com a consciência tranqüila.
Outra clássica é quando dizem que a diferença do nível cultural não é impedimento para a relação dar certo, claro que não pois temos a boa e velha ajuda da mentirinha, como quando a pessoa finge não ligar quando a outra não tem o menor interesse político, musical, artístico, fala- se que isso não importa pois a outra pessoa é honesta, fiel, beija bem, sei lá, tudo mentira, pois lá pelas tantas um dos dois manda tudo a merda e a tolerância var para o beleléu.
Quando o assunto é o interesse por outra pessoa então o embuste come solto, ok no começa da relação, realmente não se tem olhos para outras pessoas, mas pouco tempo depois isso é claro que aflora e a hipérbole se faz presente, como? Saca só; é claro que as mulheres sabem que homens tem tesão por tudo quanto é mulher, mas para mantermos tudo no bom nível nunca confessamos o T enrustido pela cunhada, melhor amiga, pra compensar comenta-se os belos dotes físicos de atrizes inatingíveis, e as meninas obvio e ululante tem tesão por homens bonitos e gostosos, mas meninos bocós que são, preferem que as moçoilas usem a mesma tática do elogio a pessoas da mídia.
Agora em relação a vida pregressa, além da hipérbole usamos o artifício da omissão, pois todos mentimos sobre o passado. O passado é passado? Concordo. Por isso que tais mentirinhas são as chamadas "do bem". Mas são mentirinhas.
É mentira quando fala que nunca traiu ninguém. Claro que já traiu! Já teve casinhos paralelos pra caralho, mas prefere não dizer isso porque se não complica. E assim por diante. Tem uma manjadissima com a mulherada que é diminuir o número de experiências sexuais e algumas até exageram, falando que só transaram com duas pessoas a vida toda - ou só com uma! E também não dizem tudo que rolava nas festinhas da faculdade, ou naqueles finais de semana no sítio de sabe-se-lá-quem.
Outra que a graaaannndeee maioria mente o que nessa circunstancia é uma pena é em relação a fantasias sexuais tanto o homem quanto a mulher ficam sempre no "Greatest Hits" ao invés de realmente falar pro parceiro o que realmente curte e aproveitar o shake a body. Duvida? Pois bem, são poucas as meninas que confessam a vontade de transar com dois caras, preferem a paparucha de gôndola em Veneza ou numa praia deserta em noite de lua cheia.
Também temos as clássicas do rompimento da relação, os rapazes geralmente terminam porque querem aproveitar a vida, comer a mulherada( invariavelmente não pegam ninguém e voltam correndo), mas para não sair como sacana dizem que adoram a menina que o problema é com ele que a incauta não o merece. Já a mulher geralmente termina quando está bem afim de outro ou quando o parceirão é um grandessíssimo broxa filho da puta, as meninas são heroínas da resistência da relação, aceitam quase tudo, mas quando se apaixonam por outra já era, mas não podem dizer isso pra findar a relação, então usam a mesma tática masculina do “eu não mereço você”!!!
Enfim.....mentimos pra caralho!!!!

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

QUEM TEM CALMA DE ESPERAR??!


Apaixonado pela vida não espera!

Esta crônica vai pra todos que não suportam a espera... E dependem do que não conhecem!
De hoje em diante retiro do dicionário a palavra...ESPERA!
Neste Reino, os súditos não mais terão que esperar...Assim decreto eu, Rainha do Reino Conturbado!
Acabou! Esqueçam q já não haverá, fila de banco, ou qualquer espera cruel..
Desde já a URGÊNCIA não tem mais valor, posto que é um acessório célere da ESPERA!
E decorrência disto, palavras como AGUARDE, ou UM MINUTO, só UM INSTANTE, já perderão seu uso...
E o JÁ, tomará conta!!!
Em um Reino onde a vida é curta, a ESPERA, só acarreta desastres, quase que nucleares, não???!!!

A felicidade é instantânea, desde já!
O sucesso não necessita de longo esforço de tempo e habilidades!
O amor está te esperando do lado de fora da porta!
A família, desde já desliga a TV e se concentra no centro do coração dos seus!
O dinheiro nunca saiu do bolso!
A saúde sempre prévia antecipa os passos das doenças e sempre te torna saudável!
O destino se torna obsoleto... Pois não acompanha mais a eminência do hoje! E o futuro é coisa do passado...
E o escuro se torna claro, e já é rara a espera do perdão de quem errou!
E já não há espaço pro arrependimento, engano de quem não viveu sem paixão!

Parlapatéia...

Obs.:Qm faz parte que se encaixe!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

É isso aí sacripantas, quantas vezes nós já não escutamos que homem é tudo filha da puta, fingem ser uma coisa só pra comer a mulherada, armam as maiores arapucas pra poder dar uma bisguizada por aí vai, mas analisando o quadro geral percebo que nós homens somos geralmente uns panacas, ainda mais quando apaixonados!!!!
Deixamos pra lá coisas irritantes, desculpamos o indesculpável, assumimos culpas pelo que não fizemos...okokok.....as meninas também são assim, mas é impressionante como conseguem desenterrar coisas a todo o momento, invalidando o perdão como uma espécie de pá imaginária.
Podem chamar de machismo, mas nessa parada de relacionamento os idiotas são os homens, vejam.... só a “condição homem” já fode tudo, pois precisamos conquistar, cativar, chamar atenção, agradar, ser engraçado, romântico, e fazer tudo isso de uma maneira discreta, pois caso contrário torna-se exagerado meloso, e olha só o paradoxo, as meninas não gostam de quem se joga muito, mas querem um romântico, especial!
Mudei o foco, voltemos pra idiotice masculina, vejam só, quando estamos solteiros, a coisa mais normal do mundo é sair com meninas que namoram, são noivas ou casadas, e conseqüentemente os amigos solteiros também ( olha que eu nem mencionei aqui os não tão solteiros assim hein). Sabendo disso vamos tentar uma equação matemática, num grupo de 5 camaradas em coisa de 2 anos é possível que todos juntos tenham se divertidos com pelo menos 50 meninas comprometidas, vejam só, são 10 panacas pra cada espertucho.
E o mais interessante disso tudo, fatalmente o espertucho da vez será o panaca de amanhã. Já posso até escutar milhares de vozes detonando essa formula e descendo o cacete nesse texto, mas se pensarmos bem é no mínimo inquietante, se nos dermos conta da evolução do mundo em que estamos vivendo, A fidelidade hoje em dia é muito dinâmica, adoro eufemismo, e você use o seu pra dizer q a turma está querendo mesmo é rosetar, fornicamento geral sem grandes restrições.
ÉÉÉÉÉÉÉÉ.... talvez a segurança dos homens aqui chamado de idiotice, decorra daquela velha história do homem PROVEDOR!!! Onde a mulher nos tempos antigos era dependente financeiramente e conseqüentemente garantia o poder da relação ao homem para q nenhuma mulher desencanasse da relacion
Mas agora os tempos são outros, soma-se a emancipação profissional da mulherada, com a inteligência e esperteza feminina que os homens na sua maioria ainda não deram conta disso; e estão demorando pra inverter as contas supramencionadas pra depois do casamento e daí sim vão ver que os espertos mudaram de lado......

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

cuidado!!!

Cuidado! A lingua afiada pode cortar a própria garganta...

O Terrível

sábado, 14 de novembro de 2009

Novos artistas pintam na tela do iPhone


Olha a modernidade!!!!Parlapatéia.

Novos artistas pintam na tela do iPhone

San Francisco (EUA), 11 nov - Em um futuro não muito distante, as visitas aos museus de arte poderão ser bem diferentes das que conhecemos atualmente, já que, em vez de percorrer salas e observar quadros, o visitante poderá admirar em seu telefone celular ou computador obras pintadas com os dedos sobre uma touchscreen.

"Autumn Sonate" (e), "Orion Imaginary Portrait" (c) e "Abstracciún" são obras do artista e músico chileno Patricio Villarroel realizadas na tela do iPhone: em um futuro não muito distante, visitante poderá admirar em seu telefone obras pintadas com os dedos sobre uma touchscreen
O Brushes, um aplicativo para o iPhone da Apple que permite que o usuário "pinte" com os dedos sobre a tela do telefone ou do iPod Touch, se tornou uma ferramenta popular entre artistas, profissionais ou não, interessados em experimentar novas tecnologias.

Artistas como David Hockney estão usando o Brushes. O pintor canadense Matthew Watkins inaugurou recentemente em Bari (Itália) uma exposição de obras realizadas unicamente na tela de seu iPhone.

Com mais de 100 mil downloads desde que foi disponibilizado, em agosto de 2008, o Brushes se transformou em uma das aplicações mais populares do iPhone, e suas vendas dispararam depois que a revista "The New Yorker" publicou em sua capa, em junho, uma obra do artista português Jorge Colombo feita com o aplicativo.

"É acessível a qualquer um", disse Steve Sprang, criador do Brushes, ao jornal "The Washington Post".

O Brushes permite que o usuário pinte sem se sujar "e, além disso, está sempre contigo", acrescentou Sprang, que recebe da Appple 70% dos US$ 4,95 que custa o programa.

No Flickr, um dos sites para postar fotos mais populares da Internet, foi criada uma "galeria do Brushes", na qual já estão expostas mais de 10 mil obras de diferentes artistas, todas elas pintadas com os dedos sobre a tela do iPhone.

Algumas se aproximam ao hiperrealismo, como as imagens do americano Henry Maddocks. Outras têm um estilo mais surrealista, como as de Watkins.

Patrício Villarroel, músico e artista chileno que vive em Paris, é o membro mais ativo da galeria do Flickr e tem mais de mil obras publicadas.

Volta à infância
"Pintar com os dedos é muito divertido. Nos faz voltar à infância", disse Villarroel à Agência Efe, que faz pinturas digitais desde 1996 com o programa Corel Painter-x, mas que há um ano se tornou fã do iPhone.

O aplicativo "te dá muita facilidade de emprego, em qualquer lugar e de qualquer maneira", disse.

O Brushes é o aplicativo que mais utiliza, mas Villarroel pinta também com outros programas similares para o iPhone como o Non Photorealistic Painter (NPtR) e o Artist's Touch.

Com mais de 100 mil aplicativos já disponíveis, a Apple descobriu a galinha dos ovos de ouro nestes programas para iPhone e iPod Touch, desenvolvidos em sua maioria por programadores de fora da companhia e que podem se baixados pelo iTunes.

Muitos podem ser adquiridos gratuitamente e o preço da maioria não passa de US$ 5,00. Entre os programas mais populares destacam-se vários jogos e um leitor para códigos de barras que nos avisa se o produto que temos nas mãos pode ser encontrado a um valor mais baixo na internet.

Uma das novidades é o Cry Translator, um aplicativo criado pela empresa catalã Biloop Technologic que, segundo seus criadores, permite "traduzir" o choro dos bebês para saber seu motivo.

Este sonho de todos os pais pode ser baixado por US$ 9,99 até hoje - a partir de amanhã passará a custar US$ 29,99 - e em somente dez segundos promete decifrar se o bebê chora por fome, sono, dor ou simplesmente porque está aborrecimento.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

"Desde 1972, ano após ano, um percentual cada vez maior de mulheres se diz infeliz com a própria vida, enquanto um número cada vez maior de homens se diz feliz com a deles. Quando a pesquisa começou, logo depois da revolução social e sexual dos anos 60, as mulheres eram muito mais felizes e esperançosas do que os homens. Agora a situação se inverteu. Pior: as mulheres ficam cada vez mais tristes à medida que envelhecem, enquanto os homens ficam mais satisfeitos.” matéria da revista Época.

Eee laiá... A priori, nós homens, temos a impressão de ser justamente o contrário, que hoje em dia as mulheres são muito mais felizes, mas fazendo uma gigante enquete com 4 amigas totalmente diferentes pelo msn, não cheguei a conclusão nenhuma mas acho que esse texto poderá ser encarado de forma machista, feminista, transformista (saudade de você Isaac, hermano) sei lá....Mas uma coisa eu sei, estou apenas repassando o que me foi dito!!!!!!!
Vejamos... Elas querem o direito de GOSTAR de ser uma mulher ”do lar” sem ser menosprezada por isso. De uns tempos para cá parece que ficou feio a mulher gostar de cozinhar, arrumar as coisas, regar as plantas e cuidar das pessoas, enfim gostar de coisas de mulherzinha. E pronto. E se o marido puder sustentar, trabalharia só em casa mesmo, sem medo de ser feliz, CURTINDO todas essas coisas que, de repente, não mais do que de repente, viraram vergonha pública.
A mulher contemporânea tem que ser forte, determinada, resolvida, trabalhar e ganhar dinheiro. Não pode ter ciúmes já que tal sentimento foi soterrado pela revolução feminista e afinal de contas a ciumenta é chata, inconveniente e insegura demais ( como se insegurança fosse requisito pra ser mulher).
Casar e ter filhos. Pra que? Isso é coisa do passado! A onda agora é namorar pelado, pra que só um homem na vida das meninas se agora pode se ter todos.
Tem que estar sempre bonita, impecável. Essa história de mulher onipotente que consegue trabalhar fora, cuidar do corpo e cuidar da casa com perfeição é BALELA de propaganda. Ninguém que sai de casa às 6h da matina e chega às 7h da noite consegue fazer todas estas coisas direito sem surtar de vez em quando.
"Um homem que não tem um brinquedo ignora todo o partido que se pode tirar da vida. Um brinquedo é o meio exato entre a paixão e a loucura"
Laurence Sterne

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Itaipu

Em Itaipu falaram pro estagiário: quando sair desligue a luz!!!!!

O Terrível

terça-feira, 10 de novembro de 2009

SÓ DEPENDE DE VOCÊ

Sabe que as vezes me pergunto o que faz uma pessoa não escolher o que quer, e ficar esperando algo que modifique a situação, situação essa que só será mudada se for tomada uma atitude.
É claro que não é fácil sair do que se imagina o certo, mas se não tem certeza, pra que insistir????
Pra perceber que no futuro fez a escolha errada, sabendo que era errada!!!! Sinceramente não consigo entender como existe pessoas que conseguem ver felicidade nisso.
Felicidade pra mim é descobrir, tentar, arriscar, conhecer, e quem sabe REDESCOBRIR.....
OKOK.... muitos dirão que algumas opções podem machucar alguém próximo e talvez não seja certo.Concordo, mas o que é mais certo? A sua felicidade, ou a de quem está próximo em detrimento da sua própria.
Não sei, as vezes penso que pode ser um pensamento egoísta, mas logo dissipo esse pensamento, pois não vejo egoísmo algum em tentar somente ser feliz!!!!!
SÓ DEPENDE DE VOCÊ!!!!!!!
texto retirado de um blog, contribuição da loira linda!!!

Meu querido, é tão engraçado como as coisas acontecem... e curioso como o mundo dá voltas. Tive a conversa mais doida com a última pessoa no mundo que poderia imaginar: passamos uma tarde sentados naquela praça conversando coisas que eu nunca quis relembrar. Essa caixinha de lembraças eu tinha lacrado e escondido. Mas, tá aqui. Não tem jeito. Respeirei fundo e abri. Deu um gelo na barriga como se eu tivesse numa montanha russa. Aí veio o alívio. Essa foi a melhor parte: o alívio. Depois de conversar tanto sobre o passado, fiquei pensando no presente e no futuro. Nas conversas que um dia, talvez, teremos. Talvez você me conte algo que eu não saiba sobre você. Por exemplo, sobre como acompanhou meus passos ou o que perguntou sobre mim, querendo saber um pouco mais da minha vida. Talvez me conte das vezes que vasculhou minhas coisas, minhas anotações, os recados dos amigos, aquele papel em cima da mesinha... não que suspeitasse de segredos ou traições, mas como se buscasse uma trilha que te levasse mais pra dentro de mim. Talvez você me conte que decorou aquele trecho de música que eu tanto cantarolava, só porque eu vivia com aquela música na cabeça e você queria saber cantá-la também. Talvez você me conte também que ficava me observando: enquanto eu dormia, enquanto eu comia, enquanto eu me concentrava lendo... só para ler meus sinais, gravar minhas feições, guardar minhas expressões. Talvez você me conte que cada risada mais alta minha, te fazia rir também, te fazia cócegas por dentro... e que você achava graça quando eu me excedia nas conversas, nas risadas ou na bebida. Talvez você me conte que a minha risada mais sincera me fazia franzir o nariz e isso, pra você, era o céu. E que você, nesses momentos, era capaz de parar tudo e se distanciar do que estava acontecendo só para prestar atenção e fazer uma fotografia desse exato instante. Se você tivesse me contado tantos detalhes e tivesse dito dos momentos que ainda podiam ser chamados de oportunos, ahh... eu teria ficado surpresa e feliz. E talvez tivesse te contado isso também. Mas você não me contou e tudo não passa de um talvez. E, talvez, a imagem que eu tenho agora na minha frente, não seja o que eu vejo, talvez você ainda esteja aqui. Ou talvez, nunca tenha mesmo chegado, e por isso, toda vez que penso em nós... ou olho para a porta ou decido dormir.
Hoje tenho plena consciência na improbabilidade do amor, os corpos foram se tornando artigos descartáveis, não sei se é bom ou ruim, por vezes penso que sim outras tantas que não, são somente brincadeiras de se despir depois vestir, enfim.....

Carta do Chefe Seattle ao Presidente dos EUA em 1854

Carta do Chefe Seattle ao Presidente dos Estados Unidos da América em 1.854



Como é que se pode comprar ou vender o céu, o calor da terra? Essa idéia nos parece estranha. Se não possuímos o frescor do ar e o brilho da água, como é possível comprá-los?

Cada pedaço desta terra é sagrado para meu povo. Cada ramo brilhante de um pinheiro, cada punhado de areia das praias, a penumbra na floresta densa, cada clareira e inseto a zumbir são sagrados na memória e experiência de meu povo. A seiva que percorre o corpo das árvores carrega consigo as lembranças do homem vermelho.

Os mortos do homem branco esquecem sua terra de origem quando vão caminhar entre as estrelas. Nossos mortos jamais esquecem esta bela terra, pois ela é a mãe do homem vermelho. Somos parte da terra e ela faz parte de nós. As flores perfumadas são nossas irmãs; o cervo, o cavalo, a grande águia, são nossos irmãos. Os picos rochosos, os sulcos úmidos nas campinas, o calor do corpo do potro, e o homem - todos pertencem à mesma família.

Portanto, quando o Grande Chefe em Washington manda dizer que deseja comprar nossa terra, pede muito de nós.

O Grande Chefe diz que nos reservará um lugar onde possamos viver satisfeitos. Ele será nosso pai e nós seremos seus filhos. Portanto, nós vamos considerar sua oferta de comprar nossa terra. Mas isso não será fácil. Esta terra é sagrada para nós.

Essa água brilhante que escorre nos riachos e rios não é apenas água, mas o sangue de nossos antepassados. Se lhes vendermos a terra, vocês devem lembrar-se de que ela é sagrada, e devem ensinar as suas crianças que ela é sagrada e que cada reflexo nas águas límpidas dos lagos fala de acontecimentos e lembranças da vida do meu povo. O murmúrio das águas é a voz de meus ancestrais.Os rios são nossos irmãos, saciam nossa sede. Os rios carregam nossas canoas e alimentam nossas crianças. Se lhes vendermos nossa terra, vocês devem lembrar e ensinar a seus filhos que os rios são nossos irmãos e seus também. E, portanto, vocês devem dar aos rios a bondade que dedicariam a qualquer irmão.

Sabemos que o homem branco não compreende nossos costumes. Uma porção da terra, para ele, tem o mesmo significado que qualquer outra, pois é um forasteiro que vem à noite e extrai da terra aquilo de que necessita. A terra não é sua irmã, mas sua inimiga, e quando ele a conquista, prossegue seu caminho. Deixa para trás os túmulos de seus antepassados e não se incomoda. Rapta da terra aquilo que seria de seus filhos e não se importa. A sepultura de seu pai e os direitos de seus filhos são esquecidos. Trata sua mãe, a terra, e seu irmão, o céu, como coisas que possam ser compradas, saqueadas, vendidas como carneiros ou enfeites coloridos. Seu apetite devorará a terra, deixando somente um deserto.

Eu não sei, nossos costumes são diferentes dos seus. A visão de suas cidades fere os olhos do homem vermelho. Talvez seja porque o homem vermelho é um selvagem e não compreenda.

Não há um lugar quieto nas cidades do homem branco. Nenhum lugar onde se possa ouvir o desabrochar de folhas na primavera ou o bater das asas de um inseto. Mas talvez seja porque eu sou um selvagem e não compreendo. O ruído parece somente insultar os ouvidos.

E o que resta da vida se um homem não pode ouvir o choro solitário de uma ave ou o debate dos sapos ao redor de uma lagoa, à noite? Eu sou um homem vermelho e não compreendo. O índio prefere o suave murmúrio do vento encrespando a face do lago, e o próprio vento, limpo por uma chuva diurna ou perfumado pelos pinheiros.

O ar é precioso para o homem vermelho, pois todas as coisas compartilham o mesmo sopro - o animal, a árvore, o homem, todos compartilham o mesmo sopro. Parece que o homem branco não sente o ar que respira. Como um homem agonizante há vários dias, é insensível ao mau cheiro. Mas se vendermos nossa terra ao homem branco, ele deve lembrar que o ar é precioso para nós, que o ar compartilha seu espírito com toda a vida que mantém. O vento que deu a nosso avô seu primeiro inspirar também recebe seu último suspiro. Se lhes vendermos nossa terra, vocês devem mantê-la intacta e sagrada, como um lugar onde até mesmo o homem branco possa ir saborear o vento açucarado pelas flores dos prados.

Portanto, vamos meditar sobre sua oferta de comprar nossa terra. Se decidirmos aceitar, imporei uma condição: o homem branco deve tratar os animais desta terra como seus irmãos.

Sou um selvagem e não compreendo qualquer outra forma de agir. Vi um milhar de búfalos apodrecendo na planície, abandonados pelo homem branco que os alvejou de um trem ao passar. Eu sou um selvagem e não compreendo como é que o fumegante cavalo de ferro pode ser mais importante que o búfalo, que sacrificamos somente para permanecer vivos.

O que é o homem sem os animais? Se todos os animais se fossem o homem morreria de uma grande solidão de espírito. Pois o que ocorre com os animais, breve acontece com o homem. Há uma ligação em tudo.

Vocês devem ensinar às suas crianças que o solo a seus pés é a cinza de nossos avós. Para que respeitem a terra, digam a seus filhos que ela foi enriquecida com as vidas de nosso povo. Ensinem as suas crianças o que ensinamos as nossas que a terra é nossa mãe. Tudo o que acontecer à terra, acontecerá aos filhos da terra. Se os homens cospem no solo, estão cuspindo em si mesmos.

Isto sabemos: a terra não pertence ao homem; o homem pertence à terra. Isto sabemos: todas as coisas estão ligadas como o sangue que une uma família. Há uma ligação em tudo.

O que ocorrer com a terra recairá sobre os filhos da terra. O homem não tramou o tecido da vida; ele é simplesmente um de seus fios. Tudo o que fizer ao tecido, fará a si mesmo.

Mesmo o homem branco, cujo Deus caminha e fala com ele de amigo para amigo, não pode estar isento do destino comum. É possível que sejamos irmãos, apesar de tudo. Veremos. De uma coisa estamos certos - e o homem branco poderá vir a descobrir um dia: nosso Deus é o mesmo Deus. Vocês podem pensar que O possuem, como desejam possuir nossa terra; mas não é possível. Ele é o Deus do homem, e Sua compaixão é igual para o homem vermelho e para o homem branco. A terra lhe é preciosa, e ferí-la é desprezar seu criador. Os brancos também passarão; talvez mais cedo que todas as outras tribos. Contaminem suas camas, e uma noite serão sufocados pelos próprios dejetos.

Mas quando de sua desaparição, vocês brilharão intensamente, iluminados pela força do Deus que os trouxe a esta terra e por alguma razão especial lhes deu o domínio sobre a terra e sobre o homem vermelho. Esse destino é um mistério para nós, pois não compreendemos que todos os búfalos sejam exterminados, os cavalos bravios sejam todos domados, os recantos secretos da floresta densa impregnadas do cheiro de muitos homens, e a visão dos morros obstruída por fios que falam.

Onde está o arvoredo?

Desapareceu.

Onde está a águia?

Desapareceu

É o final da vida e o início da sobrevivência

(O Terrível)

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Vontade

Há sentimentos na vida que nos engasgam a garaganta!
São grandes demais pra serem digeridos,
pelo aparelho digestivo da satisfação!
Nos entalam,
e não há nada melhor do que
cuspi-los,
vomitá-los,
escarra-los,
deixa sair,
livremo-nos do que não nos faz sorrir!!!!!
Livremo-nos deles, antes que a úlcera da covardia tome conta...
Digamos a verdade...
Vamos falar sobre o que sentimos...
Fazer o que queremos...
Exigir nossos desejos...
Isto só nos deixará mais forte!!!
Fará da vida, um ato fácil,
sem máscaras que escondam a bondade...
sem artifícios pra maldade...
Sejamos o que sempre fomos!!!
Guerreiros de uma guerra sem sangue...
Heróis que não carregam mortes,
dáqueles que voltam pra sua família sempre...
Os que realmente podem andar de cabeça erguida...
E assim seremos sempre guerreiros de coração puro!

Paralapatéia

Amor...



Amor...
Quem sou eu pra defini-lo,
experimentei tantas vezes, que só sei amar o imprevisivel e ao extremo...
E ele vem, e olha com canto dos olhos,
vc sabe que não pode deixa-lo passar, e ele olha denovo,
e ele sabe o que quer....
porque vc o quer!!!
E ao amor, só cabe sucumbir..
E quando ele é nobre, vem cheio de dedos e desejos...
E nunca é sujo, quanto muito empoeirado, mas...
nada que um espanador de bom senso não resolva..
Segue ao lado da verdade, e a mentira se não for sua realidade, te deixa ir...
Aqui, só fica a vida que te merece...
E euuu...não vim pra amar por menos...
Quero tudoo, gelo na barriga, mariposas no estomago...
Sinto o cheiroooo de desejooo,
e quero minha pele na sua colada,
como se nunca estivesse passado por outro lugar...

Parlapatéia...

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Estação Musical

Música...
Quem não tem uma preferida?
Quem não tem uma que odeia e simplesmente encalacra na cuca?
Senhores e senhoras, embarque no trem musical...
A estação vc escolhe...
Ela te tira do lugar comum e joga no espaço...
Feche os olhos, e embarque no plut pla zum...e vá...
O mais próximo do teletransporte que qualquer um pode chegar...
Acompanhe a batida do coração...
Devaneios de mentes brilhantes, acordes de levesa e melodia de transmutação...
Rock, samba, samba-rock, mpb, qulquer que seja sua escolha...
Quem nunca chorou, ou ao menos se emocionou se se viu em uma história que não era a sua, mas por minutos se torna sua vida, ou quem não viu sua vida sendo musicada...
E estamos lá...basta escolher a estação...
Senhor Maquinista, me leve para...

Parlapatéia

Alegria, alegria!! ou Tristeza?



Alegria...felicidade...Tristeza?
Quem não quer? Quem não sente?
Inevitável é ser feliz,
impossivel é acordar e não rir para aquele que te vê no espelho de manhã!
Sorriso solto, olhos que brilham...
Inspire, expire...e mantenha a juventude...Como?
Alegre-se com o que esta perto, aquele cãozinho que passa na rua atrapalhado, criança brincando, desenho animado!!! Ah..impossivel assistir pica-pau e não rir!!
A correria da manhã, seu tropeço pra acompanhar o ritmo frenético do mundo,
o despertador que insiste em tocar, o banho que se toma na velocidade da luz...
Alegre-se com o que Deus te dá!
Procure a alegria, se este for o caso...
Amor...apaixone-se, nem que seja pelo café da manhã!
Amigos...faça mais!!! Porque.. ôh, coisa gostosa!
Pare, olhe pra si e sorria, somos lindos e engraçados...a anatomia da simpatia!
E se ver um rosto sisudo, sorria, e ele sorrirá tambem, felicidade se planta, e carinho iremos colher...
E se por ventura, acordar azedo...permita-se rir de si mesmo, depois de uma crise de raiva...
Ou permita-se a tristeza, a vida é assim, feita pra ser vivida...sentida...tocada e cheirada!
E queira mais!!!!
Permita-se sentar na calçada,
banho de chuva,
coloque a mão na cumbuca e veja se gosta!!!
E na dúvida comece de onde quiser a vida é sua, a alegria depende do Eu em vc...

Parlapatéia

Inseguro?!

Moçoilo saí com garota, rola um shake a body, ambos curtem, saem mais algumas vezes e de repente ele some. Comum não? Ela começa com o lero lero, e as amigas concordam que ele não quis continuar por ter medo do relacionamento por insegurança....HAHAHAHA ....surgindo o homem, INSEGURO!!
Lorota!!! Não existe insegurança nenhuma, simplesmente ele não quer pentelhação, só divertimento, no menor sinal de cobrança, cai fora e parte pra outra.
É óbvio que as meninas sabem disso, que se tratava de malandragem do espertalhão, mas geralmente se colocam numa posição de maturidade sentimental para tentar justificar que era apenas sexo.
Em contrapartida os caras adoram essa besteirada, melhor sair por inseguro do que qualquer outro adjetivo indecoroso.
Mas pensem. Se uma moçoila convida um rapaz para transar e diz que é só isso e mais nada, ele provavelmente topará, ela some, reaparecendo com a mesma proposta, ele topara novamente, que mal há nisso???
Mas geralmente, eu disse geralmente, elas precisam de uma enganação sentimental, infelizmente são poucas as que entendem a jogada.
Penso que a meninas deveriam encarar a verdade e também usá-los, ou então não cair na arapuca.
Até porque não é justo que apenas uma parte use a outra, muitas vezes as próprias mulheres “usam” o cara mas tem vergonha de reconhecer que queriam apenas um tico tico no fubá, então jogam nas costas do rapagote a responsa de não ter rolado nada mais profundo por insegurança.
Grande parte disso claro, são de homens cabeça de minhoca que ao terem o privilégio de encontrar mulheres bem resolvidas nesse assunto, se assustam tanto que não seguram o rojão e saem falando besteira, difamando as pequenas por fazerem o que elas querem oras bolas.
Enfim o importante é que a festa continue...eeeeeeeeeeeeeee

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

ignorância


Não ha nada mais terrível do que uma ignorância activa
(goethe) by O Terrível

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Delírios de Verão...


O Sol arde...
Mas a noite vem impiedosa e o ardor permanece...
E o calor vem de todos os lados...
O calor da carne, que ferve nos dias de Sol...Dos olhos que lançam chamas ao desconhecido...
É o calor do coração, que entre seus movimentos dá rubor ao rosto...
O fogo que surge daqueles que tem Venús regendo seu mapa astral...
São as labaredas de uma língua em fúria,
pele que arde, boca que saliva, respiração que se torna ofegante...
O suor de quem se movimenta...
Tudo excita em dias de Sol, corpos exposto ao astro Rei...em reverência...
Sentidos aguçados...porque quem nasceu em terras tropicais, sabe a falta que o cocar faz...Só o cocar e a pele preparada pros desejos de verão...
Se este é o inferno, lamento irmão, mas eu quero é mais lenha neste inferno...
E este é só o começo, como um soneto eterno...
E ao Astro Rei não entregamos virgens à sacrifícios,
entregamos desejos flamejantes...
e corações fumegantes!!!!!
Delírios e anseios indescritiveis, pois mesmo que passiveis de descrição,
e mesmo que pecado haja, são todos perdoados pela chuva que refresca...
Aqui quem impera é o Deus Sol...e a Lua Cheia!

Parlapatéia

O PROVEDOR

Hoje o almoço foi divertido, na mesa em frente onde eu estava tinha umas 5 ou 6 garotas, e qual não foi minha surpresa??? Simmm meus camaradas elas dividem sim os homens em grupos, sabe aquela coisa que todo homem do mundo diz que não faz, mas pelo menos pensa, do tipo, essa eu como, essa eu caso...elas fazem o mesmo PRA ESSE EU DOU, COM ESSE EU CASO.
Fiquei pensando numa categoria de homens, OS PROVEDORES!!!
Tenho certeza que a maioria das meninas já começaram a me xingar, mas calma, terminem de ler com a mente aberta.
Na natureza humana o macho alfa não tem a mesma natureza dos gorilas, leões, alces (hahaha), Ou melhor, tem sim trazer melhores alimentos, fornecer abrigo decente etc.
Posto isto temos que pensar que é algo instintivo, e remonta ao principio da humanidade a fêmea precisa se reproduzir, mas também cuidar da prole. Desse modo, pouco importa qual dos machos terá sêmen, o mais relevante é quem se destaca, na matilha humana, quanto ao abrigo para a filharada. É genético, meu amigo!!!
Bem...voltemos ao tempo atual, como não dá mais pra sair digladiando, a seleção natural mudou um pouco, se é que vocês me entendem.
Vamos seguindo, aí surge a figura do provedor, e lembrem-se de maneira nenhuma estou chamando as mulheres de desocupadas e oportunistas, mas em dado momento da vida, elas não querem sustentar um bonitão.
Não estou aqui aplaudindo nem criticando, só constatando fatos.
Exatamente queridão, Você está feliz com sua noiva gostosa, orgulhoso porque ela o "escolheu", não é mesmo? Mas não pense que ela gosta de dar para você, porque o casca-grossa da fornicação, meu chapa, É OUTRO.
Enfim, não estou aqui para deixar ninguém deprimido, mas isso definitivamente é uma desgraça da vida macha. Aprenda a seguinte lição: se conseguir casar com uma bonitona e gostosa, acredite, nem sempre é o caso de bater no peito e comemorar tal façanha.
Você dificilmente foi a opção sexual.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Lí num blog chamado coletâneas de pensamentos, acho que é isso, espero que gostem tanto quanto eu gostei....

As partes integrantes do livro ilustrado

Olhando fixamente as figuras no monitor, eu repetia para mim mesma que aquele era um pensamento estúpido, mas não houve jeito de me livrar da sensação depreciativa de não servir nem para completar álbum. Uma lágrima me escapou dos olhos e morreu no meu ombro enquanto eu digitava um heheh qualquer.
Desmarquei com os amigos, vesti o pijama. Abri uma garrafa de vinho e acendi um cigarro . A noite estava irremediavelmente perdida.
Agora era reprimir os sentimentos insanos e lidar com exaustão do meu corpo privado de descanso pelo sono que nunca vem quando deveria.
Eu queria muito ser analfabeta de subtextos, gestos e entrelinhas mas o preço que se paga por tentar dominar uma linguagem é estar condenado a sempre compreendê-la muito bem.